Existem muitas teorias acerca do consumo de leite e dos seus derivados: umas recomendam o seu consumo e outras contraindicam-no. A Medicina Chinesa sempre manteve, e continua a manter, ao longo dos séculos uma opinião constante acerca deste tema. Segundo a Medicina Chinesa, o leite é um alimento muito rico, enquadrado na categoria dos tónicos. Tendo isto em consideração gostaríamos de deixar algumas notas importantes:

  • O consumo excessivo de laticínios leva a uma sobrecarga do organismo que pode gerar uma intolerância do mesmo a estes produtos. Recomendamos que se tenha sempre em atenção o meio termo, e não consumir laticínios em excesso.
  • Cada caso é um caso e todas as pessoas são diferentes. O consumo de leite por pessoas que estão mais desnutridas e mais fracas pode ser importante, tendo-se sempre em atenção a quantidade de leite que essa pessoa deve ingerir.
  • Quando o sistema digestivo está fraco pode por vezes haver alguma dificuldade por parte do mesmo em absorver os nutrientes do leite e eliminar os seus desperdícios. Assim, quando a pessoa está mais fraca, existem mais sintomas associados ao consumo de leite: distensão abdominal, diarreia, alergias, etc. Através das técnicas da Medicina Chinesa, é possível fortalecer o sistema digestivo.

Como todos os alimentos, o consumo de leite apresenta prós e contras. O importante é saber ajustar o alimento à pessoa e ingeri-lo nas quantidades adequadas. Se tem dúvidas relativamente a este tema e pretende saber qual a melhor opção para o seu caso marque uma consulta connosco.

Para quem pretende reduzir o consumo de laticínios aqui ficam algumas alternativas, realçando que cada uma delas deve ser ingerida com moderação.

Bebidas alternativas ao leite: bebida de soja, bebida de arroz, bebida de amêndoa, bebida de aveia, bebida de espelta, chá, infusões, cevada, sumo de fruta.

Alternativas à manteiga e ao queijo: pasta de sésamo, pasta de colza, manteiga de amendoim, azeite aromatizado (com alecrim, louro, alho, etc.), doce de fruta, alface e tomate (no verão).