O que diz a língua sobre a sua saúde?

A observação da língua constitui um dos métodos de diagnóstico utilizados na Medicina Chinesa, e é possível obter-se bastante informação sobre o paciente através da observação da sua língua. por exemplo:

língua

 

Se identifica a sua língua com algum destes padrões e se apresenta alguns dos sintomas mencionados, saiba como pode melhorar a condição da sua língua e, consequentemente, a sua saúde. Se mesmo assim os sintomas persistirem entre em contacto connosco.

Língua pálida: Comer cenoura, beterraba, fígado, carne, urtigas, couve, abóbora, arroz, batata; beber infusões de urtigas e fazer exercício físico moderado (como por exemplo caminhadas).

Língua vermelha capa grossa: comer menos carne, ovos, peixe, laticínios e gorduras; beber sumos de couve; comer salada; beber infusões de dente-de-leão, chá verde e fazer meditação, yoga ou correr.

Língua vermelha sem capa: beber leite; comer fruta (especialmente pera); deitar-se cedo, dormir entre 7 a 8 horas diárias; evitar malaguetas, pimenta, gengibre e café; beber sumo de pera e infusões de alcaçuz e fazer meditação.

Língua com capa amarela: comer menos carne, peixe, ovos e laticínios; evitar malaguetas, pimenta e gengibre; beber infusões de erva são roberto, dente-de-leão ou chá verde.

Língua com marcas dentais/Inchada: comer menos alimentos crus (salada, fruta); evitar bebidas frias; comer arroz agulha, usar picantes e ervas aromáticas; fazer exercício físico diário; beber infusões de gengibre com casca ou de barbas de milho.

Língua púrpura: usar picantes e ervas aromáticas; evitar laticínios e gorduras e fazer exercício físico diariamente.

Língua normal, com capa branca grossa: usar ervas aromáticas, picantes e amargas e fazer exercício físico diariamente.

Reveja o programa A Tarde é Sua, na TVI, onde José Fontes fala sobre este assunto.

Este slideshow necessita de JavaScript.