tratamento bexiga hiperativa

A bexiga hiperativa define-se como a necessidade urgente de urinar, normalmente com bastante frequência, inclusivamente durante a noite. Estes sintomas existem mesmo sem haver qualquer tipo de infeção ou outra doença que os justifique, e problema prolonga-se no tempo.

É um distúrbio neuromuscular que consiste numa contração involuntária do músculo da parede da bexiga.

Mecanismo da patologia

Esta contração acontece de forma inadequada durante o enchimento da bexiga, ou seja, mesmo que o volume de urina seja reduzido.

Em condições normais, o músculo da parede da bexiga encontra-se relaxado enquanto a bexiga não está cheia. Quando está cheia, são enviados sinais nervosos ao cérebro com essa informação, desencadeando assim a vontade de urinar.

Nos casos de bexiga hiperativa, esses sinais nervosos são enviados mesmo caso a bexiga não esteja cheia. Os músculos da parede da bexiga estão demasiado ativos e forçam a bexiga a contrair-se, causando uma vontade urgente de urinar.

Esta condição pode ocorrer tanto em homens como em mulheres, e pode ser agravada pela idade. No entanto, não deve ser vista como uma parte do envelhecimento. É uma perturbação que tem solução.

O tratamento convencional

O tratamento mais comum para a bexiga hiperativa é feito com recurso à aplicação de botox a fim de controlar os sintomas.

No entanto, tal prática apresenta alguns contras:

1) Necessidade de intervenção cirúrgica e de anestesia.

2) Resolução temporária do problema – apenas durante 6 meses a um ano (em alguns casos dois anos), sendo necessário realizar o mesmo procedimento sempre que os sintomas voltam.

Alterações comportamentais

Quem sofre de bexiga hiperativa beneficia com algumas alterações comportamentais, como reduzir o consumo de alimentos e bebidas que irritam os tecidos internos (como a cafeína, o álcool e alimentos demasiado condimentados), e fazer treino vesical, técnicas de supressão da urgência e exercícios do pavimento pélvico (exercícios de Kegel).

O nosso tratamento para a Bexiga Hiperativa

O tratamento com Medicina Chinesa inclui uma combinação de Acupuntura, Fitoterapia e Exercícios Terapêuticos Chineses (Qigong/Chikung).

O tratamento na Clínica José Fontes combina várias técnicas terapêuticas para a obtenção dos melhores resultados possíveis. Combinamos a massagem, a osteopatia chinesa, a acupunctura e a fitoterapia (suplementos naturais).

Através destas ferramentas é possível:

  • Relaxar os tecidos em volta da bexiga, diminuindo assim a irritação do órgão).
  • Diminuir os sinais nervosos transmitidos ao cérebro (que geram a urgência em urinar)
  • Reforçar a capacidade de armazenamento de urina por parte da bexiga.
  • Diminuir os níveis de stress e ansiedade.

É um método 100% natural, eficaz e muito menos invasivo.

Neste tipo de tratamento não eliminamos apenas os sintomas, como também a causa do problema, de modo a que não se verifiquem recorrências.

A Organização Mundial de Saúde reconhece a eficácia da Acupuntura/Medicina Chinesa no tratamento da bexiga hiperativa.

Sobre o autor

Clínica José Fontes

Somos uma clínica de Medicina Chinesa e Acupuntura localizada no Porto. Realizamos avaliações detalhadas e tratamentos de elevada qualidade. As nossas principais áreas de especialização são os Problemas Emocionais, a Dor e a Saúde da Mulher.

Dúvidas e Marcações - Fale connosco


Por telefone:
917 288 102

Por e-mail: geral@clinicajosefontes.com

Ou através do nosso formulário de contacto


Por telefone:
917 288 102

Ou através do nosso formulário de contacto

Translate »